O seu browser não é suportado

Para uma melhor experiência, recomendamos que abra o site noutro browser

  • 15/11/2018
  • 7 Minutos

Como definir uma política de frota automóvel

Uma boa política, clara e partilhada com os seus condutores, é a base para garantir que a sua frota automóvel é bem gerida. Sem ela, estes não têm qualquer referência acerca dos procedimentos, estrutura, regras e regulamentos existentes.

Essa política deverá incluir orientações detalhadas para os seus condutores sobre como utilizar devidamente as suas viaturas e também indicar claramente as consequências de conduta imprópria.

Uma política de frota bem definida pode ajudar a limitar a responsabilidade da sua empresa, mantendo os condutores e passageiros seguros, podendo também aumentar a produtividade e reduzir custos, garantindo a sua conformidade.

 

Neste guia, corremos os principais pontos que deve estabelecer quando definir a sua política de frota.

 

Condutores elegíveis

A sua política de frota deverá definir quem tem direito a uma viatura de serviço e explicar os critérios para essa escolha. Por exemplo, precisa saber se existe algum critério especial a partir do qual uma viatura de serviço se torna obrigatória (caso o condutor faça mais de 10.000 quilómetros por ano, por ex). Deverá também listar quais os requisitos que os condutores precisam cumprir para terem direito a uma viatura (ter uma carta de condução válida; fisicamente aptos para conduzir; aceitem a responsabilidade pela sua viatura).

 

Aquisição de automóveis

É provável que a lista de automóveis que está a ponderar adquirir tenha de cumprir certos requisitos financeiros, ambientais e/ou de segurança, mas também deverá ter em conta as preferências dos seus condutores. Por esse motivo, a sua política deverá incluir informação detalhada como tipos de automóveis permitidos e quais as marcas disponíveis (para tornar a gestão mais fácil). Optar por automóveis com baixas emissões de CO2 não é apenas bom para o ambiente, mas também para os custos gerais em combustível. Deverá portanto considerar se deve impor limites nas emissões das automóveis da sua frota e estabelecer a periodicidade com que essa lista deve ser revista, tendo em conta a evolução constante das tecnologias existentes.

 

Responsabilidades Legais

Como empregador, quer garantir a segurança dos seus condutores e das viaturas que conduzem. Ao escrever a sua política tendo as responsabilidades legais em conta, lembre-se de fazer questões como:

 

  •  Existem procedimentos para validar a legalidade para conduzir e o estado físico do condutor? 
  •  Os condutores estão conscientes que precisam descansar quando estiverem a conduzir durante demasiado tempo?
  •  Existem auditorias que comprovem que está a cumprir com as suas obrigações de segurança?

 

Responsabilidades do Condutor

É importante que a sua política de frota mencione claramente quais as responsabilidades dos seus condutores, incluindo a sua obrigação em verificar regularmente as condições das viaturas e conduzi-las de uma forma segura. Deverá também referir o que deverão fazer em caso de acidente.

Lembre-se de fazer questões como:

 

  • Os condutores estão conscientes do que fazer em caso de acidente?
  • Os condutores receberam formação para fazer verificações básicas de segurança às viaturas?
  • Quais as consequências para o condutor, caso seja apanhado a transgredir o código da estrada quando conduzir o automóvel de serviço?

 

Os nossos especialistas em gestão de frotas podem ajudá-lo a tomar a melhor escolha. Qualquer que seja a sua preferência, temos a solução ideal para si.